COMPRAR COISAS NÃO OCUPA O CORAÇÃO

A gente está sempre buscando formas de preencher alguns vazios. Porque os vazios existem em todos, e eles são tão naturais: se tudo estivesse cheio, não haveria tanta graça na busca! E nesse intuito de nos completar, muitas vezes acabamos procurando no lugar errado. Não que comprar roupas não seja delicioso! É, e é necessário. Mas não preenche, não resolve, não responde.

Há muito tempo o mercado trabalha os nossos vazios para vender. É fácil se deixar levar, porque o apelo psicológico é grande. A gente sabe que não, mas no fundo torce para que aquela roupa vá nos levar para outra realidade. No fim, não vai. E nosso cérebro, que sentiu aquela euforia por alguns minutos, vai querer mais, e mais e mais… A menos que digamos: “Ei, colega! Foca!”  

 Se for para comprar, que seja porque faz falta ao guarda-roupa. Porque, afinal, comprar coisas não ocupa o coração!

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados